Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Joana

um mundo cheio de histórias para contar

Joana

um mundo cheio de histórias para contar

08
Dez16

Favoritos de Novembro

Joana Santos
Apesar de Novembro ter terminado com a chegada de uma tempestade, há que olhar para trás e descobrir nele o que fez nascer sorrisos. Houve tanto! Abraços apertados, confissões, partilha, cartas que chegaram, chá ao fim do dia, conversas, descobertas, começos, decisões. Estes são os destaques do décimo primeiro mês do ano que chega ao fim. (A publicação vem um bocadinho atrasada, mas é sempre tempo.)

FILME DO MÊS

Gone Girl. (Sim, ainda não tinha visto o filme.) O filme produzido por David Fincher e escrito por Gillian Flynn, é baseado no livro da mesma autora e conta a história de Nick Dunne, representado por Ben Affleck, na procura da sua mulher, que desapareceu no dia do quinto aniversário de casamento. É um filme cheio de surpresas, que se revela mais do que aquilo que parece à primeira impressão. Eu já tinha lido o livro, e sem dúvida que gostei mais da versão escrita do que da versão em tela, mas o filme vale muito a pena!

SÉRIE DO MÊS

Não sei se costumam seguir, mas a Vice tem uma série de documentários sobre os mais diversos temas que é fantástica. Toca em temas bastante sensíveis da sociedade em que vivemos e abre-nos os olhos para realidades inimagináveis. Há uns dias, assisti a um documentário sobre a imigração no Reino Unido, que mostrava a falta de segurança e a falta de apoios a que os imigrantes estão sujeitos. É assutador que tanta gente tenha de passar por situações depolráveis, que rebaixam o ser humano e que lhes tiram toda a sua dignidade. Pessoas que vêm à procura da terra prometida e que, ao chegar, se encontram num sistema viciado e viciante que os faz tocar no fundo, bem mais fundo do que aquele que encontravam na terra de onde vieram. Podem ver o documentário aqui

LEITURA DO MÊS

Este texto escrito pela Zoella. Gosto de ver e ouvir figuras conhecidas do mundo dos blogues e dos vlogs sobre os seus problemas, as suas dúvidas, os seus medos. Gosto de pessoas sinceras, que não mostram apenas a maquilhagem ou os sapatos novos, mas que usam a sua voz conhecida para chamar a atenção para questões que, na maior parte das vezes, são camufladas, escondidas, por vergonha. 

"We look after our skin, our hair, we go to the gym, the dentist, we focus on eating the right foods but how often do we spend time looking after the one thing that requires us to fully function in the way we do? I’ve learnt so much about my mind and the way it works in the last two years and it’s truly fascinating and makes such a huge difference. Nobody should settle with anxiety being a big part of their identity, it isn’t. Anxiety is not your life and it’s not who you are, it’s just a small part of you that doesn’t have to be so loud."

BLOGUE DO MÊS

Conta se eu falar de um canal de Youtube? Deve contar! Pois bem, durante o mês de Novembro devorei os vídeos da vlogger Dina Tokio. Já nem sei como cheguei ao canal do Youtube dela, mas foi por mero acaso. Só depois comecei a perceber que a sua cara está espalhada por todo o lado, em Londres, por causa da campanha Made For You. A Dina Tokio é uma rapariga de origem egípcia, linda de morrer, que vive no Reino Unido. Os seus vídeos são maioritariamente sobre beleza e lifestyle, mas, no fundo, vejo-os porque adoro a forma como ela vai contando o seu dia a dia e as suas aventuras com a sua filha e o seu marido. Algo que também me fez ficar presa ao canal de Youtube foi o facto de a Dina usar um hijab. Não tinha noção de que tinha criado tantas ideias pré-concebidas em relação às raparigas que usam este lenço, mas a verdade é que a Dina tem ajudado a que eu seja menos uma a alimentar estereótipos. Espreitem o canal e dêem-me a vossa opinão. 



COMPRA DO MÊS

As prendas de Natal, claro. Este ano, eu e o Guilherme vamos carregadinhos de prendas para Portugal. Ainda não sei bem como é que vamos carregar tanta coisa connosco apenas numa mala de avião! Foram, até agora, as melhores compras que fiz este ano: escolhidas por nós, para as pessoas mais importantes. Sabe tão bem quando damos estes miminhos, quando passeamos de loja em loja até encontrar o presente ideal, aquele que é mesmo a cara daquela pessoa. Este ano estou tão feliz e entusiasmada com o Natal que já não me falta fazer quase nada! As compras estão a chegar ao fim e o dia de abrir os presentes está quase, quase aí!

PEÇA DE ROUPA DO MÊS

O casaco, deste género, super quentinho que a mãe do Guilherme me ofereceu. Primeiro, adoro burgundy. É a minha cor preferida para vestir. E depois adoro este tipo de casacos. São super leves, quentinhos, guardam-se e lavam-se facilmente. Obrigada!

DESCOBERTA DO MÊS

Deram-me a provar Chai Latte numa loja de chás, a T2, no Centro Comercial Westfield. Até então, torci sempre o nariz a chá com leite. Mas, naquele dia, por alguma razão que até hoje desconheço, resolvi dar-lhe uma oportunidade. Chá preto misturado com leite de soja! Enquanto bebia, fui descobrindo um maravilhoso cheiro a canela e um doce travo a gengibre. Delicioso. Chai Latte tornou-se, oficialmente, a bebida deste inverno. E vocês, o que acham? Gostam?

ACONTECIMENTO DO MÊS

Sem dúvida que o acontecimento do mês foi a minha mãe ter vindo a Londres visitar-me. Não há nada melhor do que, depois de tanto tempo sem a ver, chegar a casa e tê-la à minha espera, com todos os miminhos que isso inclui. Com esta visita, a minha mãe pode conhecer mais um bocadinho de Londres e visitar Bath e Stonehenge. Para além disso, pode provar a melhor pizza de Londres, feita no restaurante Santa Maria. 

PALAVRA DO MÊS 

Esperança. Aquilo que tem feito os dias valerem a pena. A certeza de que o amanhã será melhor. A vontade de, passo a passo, descobrir a continuação de um caminho. A esperança é sempre a boia nestas alturas. Acreditamos. Confiamos. Sabemos que o arco-íris irá chegar, a qualquer momento, a qualquer segundo. Só temos de estar atentos. 

INSPIRAÇÃO DO MÊS

Este anúncio de Natal, do aeroporto Heathrow. No filme, vemos dois ursinhos de peluche, tão queridos, a chegaram a Londres. No final do anúncio, é impossível não soltarmos uma lágrima. O Natal é, mais do que presentes e comida, isto mesmo: estarmos em casa, com a nossa família, junto daqueles que nos são mais importantes. Veja!



Com amor, 
Joana 

8 comentários

Comentar post

Sigam-me

Mais sobre mim

foto do autor

INSTAGRAM

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.