Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Joana

um mundo cheio de histórias para contar

Joana

um mundo cheio de histórias para contar

15
Nov16

Remember, remember... The 5th of November!

Joana Santos


(Esta publicação contém excertos e passagens de um texto que publiquei no ano passado no website Travel&Taste.)
V for Vendetta. Sabem, aquele filme com a maravilhosa Natalie Portman? Claro que sabem. O filme já passou dezenas de vezes na televisão e continua a ser um verdadeiro sucesso, mesmo depois de tantos anos que já se passaram desde a sua estreia. Ora, o que se calhar vocês não sabem é que este filme conta uma história verídica, passada no Reino Unido, no ano de 1605. Foi neste ano que um grupo de católicos, liderado por Robert Catesby, planeou um ataque minucioso ao Rei Jaime VI da Escócia. Este ataque, que ficou conhecido como a Conspiração da Pólvora, consistia em fazer explodir a Câmara dos Lordes, durante a abertura do parlamento. Quando? No dia 5 de novembro. O objetivo final era matar o rei protestante, já que este privilegiava aqueles que partilhavam com ele a mesma religião, em detrimento dos católicos. O ataque começou a ser planeado em março: um perito em explosivos, Guy Fawkes, preencheu toda a zona subterrânea abaixo do parlamento com 36 barris de pólvora, contendo 1800 libras de material explosivo. Tinha tudo para dar certo. No entanto, algo falhou. O grupo de conspiradores, temendo a morte de outros católicos, enviou avisos aos religiosos para se manterem afastados do parlamento no dia previsto para a explosão, mas um desses avisos chegou aos ouvidos do rei. Assim, seguranças foram enviados até aos túneis subterrâneos e os explosivos foram descobertos e desativados. Os traidores foram torturados e mantidos presos. Desta feita, o parlamento inglês sobreviveu até aos dias que correm e, ainda hoje, a Rainha, para que não se esqueça o simbolismo deste acontecimento, desce até aos mesmos túneis em novembro. Contudo, não é só a Rainha que nesta cerimónia recorda a Conspiração da Pólvora. Pelo Reino Unido, durante a primeira semana de Novembro, os céus enchem-se de fogo de artíficio. Os festejos começam na Bonfire Night (Noite da Fogueira). Por todo o reino, milhares de pessoas juntam-se nas casas, nos parques, nos jardins e à beira do Tamisa para lançarem foguetes ou reúnem-se em volta de fogueiras. Todos estes símbolos pretendem relembrar o fogo que se ia devastar Londres se o atentado não tivesse sido impedido.  No ano passado, presenciei, pela primeira vez, estes espectáculos pirotécnicos. Na altura, estava a trabalhar numa loja e o meu dia de trabalho começava às 6 horas da manhã, pelo que não me foi possível festejar este dia fora de casa. Vi o fogo de artíficio da janela do meu quarto, deitada na minha cama. Nesse dia, prometi a mim mesma que, dali a um ano, estaria a apreciar os céus ingleses em primeiro plano, numa das festas mais famosas da cidade - a que acontece em Alexandra Palace, em Londres. E assim foi. Este ano, estive lá, na colina mais alta do parque, que permite ver a maravilhosa cidade iluminadaOs festejos começaram por volta das 15 horas, com uma feira de carrosséis para pequenos e graúdos, e prosseguiram durante toda a tarde. Houve um festival de comida de rua, de cerveja alemã e ainda um laser show.  Quando a noite caiu, houve uma parada alusiva ao Dia de Los Muertos e acedeu-se a fogueira. Às 20 horas o espetáculo pirotécnico começou e só por volta das 22h é que o barulho dos foguetes cessou. Esta um frio de rachar. As minhas mãos estavam congeladas. Mas valeu a pena. A festa foi linda. Eu gosto de espectáculos pirotécnicos desde que me lembro e este foi um dos mais bonitos que já presenciei. Por isso, já sabem... Se para o ano estiverem por Londres no dia 5 de Novembro, não deixem de visitar Alexandra Palace e deliciarem-se com as cores e luzes que enchem os céus londrinos. 


6 comentários

Comentar post

Sigam-me

Mais sobre mim

foto do autor

INSTAGRAM

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.